• +55 (51) 3237-0044
  • marcelo.maia@sainvestimentos.com.br

Psicologia do Mercado

Psicologia do Mercado

Author Postado por Marcelo Maia Comentrios Comments Off

por Marcelo Ostermann

 

Você sabia que a maioria dos erros que cometemos no mercado financeiro tem o fator psicológico como principal causador?

 

PsicologiadoMercado

Alguns investidores ficam esperando um bom momento para comprar e não conseguem tomar a decisão na hora exata e quando o mercado confirma a alta, a emoção fala tão alto que a entrada acaba sendo tarde demais.

 

Muitas vezes, é nessa hora que o mercado entra em queda e a ‘falta de sorte’ é a primeira causa identificada para justificar por que não se obteve sucesso nesse mercado.

 

Há ainda aqueles que possuem um perfil mais agressivo. Entram muito cedo, saem muito cedo, trocam de papel como quem troca de roupa, operam em excesso e, novamente, a causa da perda será entendida como “falta de sorte” quando, na verdade, a causa é psicológica.

 

Quase todos que entram no mercado, de renda fixa ou renda variável, têm como objetivo ganhar dinheiro, mas muitas vezes outros motivos emocionais, tais como o desafio e o prazer, estão atrelados ao objetivo inicial.

 

É preciso entender que estamos lidando com a parte mais sensível do ser humano – o nosso bolso. Se não houver disciplina e principalmente estratégia, o seu dinheiro vai oscilar dia após dia, sendo muito difícil ter sucesso; ganhar, na verdade, está associado a operar corretamente. Ou seja, com disciplina e estratégia.

 

E é assim que o psicológico acaba interferindo, quando se perde, quando se ganha, quando se sai cedo demais e até no que parece uma operação perfeita pensamos que poderíamos ter negociado um lote maior. A preocupação maior, neste caso, está no fim que é o dinheiro, deixando de lado aquilo que efetivamente, deveria estar preocupado, ou seja, com o meio, que é realizar uma operação estrategicamente correta.

 

Lembre-se: no mercado financeiro, o fim (retorno), está diretamente ligado ao meio, ou “como se chegar lá” (estratégia). Para mudar de atitude é preciso se conhecer melhor e entender qual é o seu perfil. Você é conservador ou agressivo?

 

Que estratégia está adotando? Qual é o seu objetivo? Qual é o seu stop se der errado? Curto, médio ou longo prazo? Quanto mais perguntas conseguirmos responder antes de entrar em uma operação, mais correta e estratégica será a operação. O dinheiro será uma recompensa do operar corretamente e não o contrário.

 

Imagine um cirurgião, ele precisa conhecer em detalhes tudo o que você já fez, medicamentos que tomou e as causas dessa cirurgia, assim como os riscos. Dessa forma, suas chances de erro seriam muito menores.

 

O grande segredo é sempre ter bem definido qual a sua tática e estratégia para operar corretamente, de acordo com o seu perfil no mercado financeiro, seja em renda fixa ou renda variável.

admin